Partilhar. Ideias, reflexões, impressões, viagens, livros, músicas... Este blog não é mais do que isso!! Um bocadinho de mim :)

.Pipoquices Recentes

. Dia dos Avós 2012

. De como o tempo passa dep...

. É que é mesmo isto...sem ...

. Ohhh que chatice....

. Que sina...

. Aliviada.

. Nostalgia

. Geração rasca...à rasca.....

. Valentine´s Day (bahhhh)

. É tão bom ser criança...

.Baú de Pipoquices

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009


Quinta-feira, 26 de Julho de 2012

Dia dos Avós 2012

Precisava de uma desculpa para escrever aqui. Um motivo. Uma razão.

Ei-la aqui. O Dia dos Avós.

Para mim, este dia nada tem de especial, até porque só o conheço há 2 ou 3 anos.

Não preciso de dias especiais para recordar ninguém, ou para oferecer algo a alguém.

O meu coração, é dos meus Avós 365 dias por ano.

 

Só tenho, actualmente, dois avós. Um avô e uma avó.

O meu outro avô faleceu há 12 anos, e a minha querida Avó Mimi faleceu há menos de 6 meses :(

 

Para além de ter que agradecer muito daquilo que sou aos meus Avós, vivo inundada de nostalgia de tantas e tantas coisas que aprendi com eles, que vivi com eles, que conheci com eles, que descobri com eles.

Recordo-me dos fatos de bonecas que a minha avó Mimi carinhosamete me fez.

Vivo com saudade do sabor dos Marujinhos que comia na loja onde o meu avô trabalhava.

Penso tantas e tantas vezes nos Verões quentes de Santa Cruz, onde acampava com os meus avós maternos. Nunca mais comi saladas de tomate com o mesmo sabor....nem frangos assados....

E o walkman amarelo que o meu avô Lã meu deu? E as tardes que passei na pesca com o meu avô Gaguê?

Ohh....e as tardes que passei a brincar com a minha avó Mimi na sua casa da costura? Quem me dera a mim, ter uma casa da costura!!!!!

E todas as vezes que subi ao ponto mais alto do quintal da minha avó Rá, com ela ou com o meu avô? E acreditem que para se chegar ao ponto mais alto, há muiittooo a subir!

E tanta coisa que aprendi, mas tanta....desde orações, a jogos de cartas, dominó, damas, a prova dos 9. E tantos valores....a cordialidade, a delicadeza, a boa educação em geral.

 

Os meus avós eram avós com tempo. Infelizmente, hoje em dia os avós reformam-se cada vez mais tarde....somos todos obrigados a trabalhar mais horas, mais tempo, até à velhice.

Roubam-nos tempo como Mães, como Pais e como Avós.

 

Quero muito, apesar da distâcia física que me separa de pais e sogros, que o meu Bebé goste tanto dos seus avós, como eu gostei e gosto dos meus.

De todos, sem excepção. Impossível escolher o preferido.

Só queria que todos fossem eternos...e podiam parar naquela idade "boa" de 60/65 anos. Em que ainda têm agilidade e destreza física e mental.

Queria tê-los ainda comigo a todos...e de certa maneira tenho.

Porque não há um dia....nem um único dia que não pense e/ou fale neles.

 

Portanto....para TODOS os meus AVÓS, um dia Feliz.

Independentemente do sítio onde estão, no meu coração, permanecem de pedra e cal.

 

Obrigada por tudo Avó Mimi, Avô Gaguê, Avó Rá e Avô Lã!

 

Um beijinho e um abraço apertado para os Avós do Bebé Lourencinho :))))

 


publicado por Pipoca às 17:39

link do post | comentar | favorito

Sábado, 3 de Setembro de 2011

De como o tempo passa depressa...

Estamos em Setembro.

 

Dou por mim a pensar, que não para o mês que vem, mas para o outro, já terei o meu Bebé nos braços!

E é tãããooooo bom perceber isso!!!

tags:

publicado por Pipoca às 23:09

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Domingo, 21 de Agosto de 2011

É que é mesmo isto...sem tirar nem pôr!

tags:

publicado por Pipoca às 18:40

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 29 de Julho de 2011

Ohhh que chatice....

.....é 6ª feira!!!!!!!!!

 

Estranho pensar assim?? Pois...é que é o meu último dia de férias, destas duas semaninhas que passaram a voar!

tags:

publicado por Pipoca às 14:33

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 15 de Junho de 2011

Que sina...

Todos, mas todos os dias, depois do despertador tocar 158 vezes, levanto-me a cambalear.

Arrasto-me até à casa de banho, olho para o espelho ainda só com um olho aberto, e penso:

"Epá....hoje, sem falta nenhuma, tenho que me deitar cedo. Olha para esta fraca figura...aqui cheia de sono e com olheiras até ao pescoço."

 

E pronto...depois dou por mim, a ver passar as 22h, as 23h e a ter 1001 coisas que me apetecem fazer, antes de dormir!

Aiiii....que coisa!

Amanhã....lá vai ser a mesma história :)


publicado por Pipoca às 23:20

link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 7 de Junho de 2011

Aliviada.

O Sócrates já se foi....

tags:

publicado por Pipoca às 22:11

link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 3 de Maio de 2011

Nostalgia

Guardo, com muitas saudades, as belas tardes e noites que passava no Parque Infantil, em criança.

Um Parque Infantil à séria. Ao estilo de "Anita no Parque". Muitos baloiços, escorrega gigante, criançada até mais não, pais sentados nos bancos à volta. A envolvência desse Parque, era fantástica. Um enorme jardim, com direito a lago com patos e tudo.

Que saudades!!!

O que é feito desses parques infantis?

Com escorregas de metal, altos como se querem.... Com o chão em terra, como um verdadeiro parque. Com baloiços de madeira gasta pelo tempo e correntes antigas. Com os cavalinhos a andar à volta, vezes sem conta ao domingo. Com o bacalhau, para cima e para baixo, mesmo com a madeira quase a estalar e a tinta a sair. Com pais sentados, à espera da primeira esfoladela.

 

Agora, peca-se por excesso de zelo. E peca-se, porque perdeu toda a piada.

O chão é em pavimento de segurança xpto, almofadado.

Os baloiços nada têm que ver com os do meu tempo.

Os escorregas têm metade da altura e consequentemente metade da graça.

As tintas são "amigas da criança", não vá o menino querer pôr o baloiço na boca!!

Talvez até haja por aí parques infantis, com enfermaria incluída, para a criancinha que esfrega os joelhos no chão.

 

Concordo, evidentemente, com algumas destas questões de segurança...

Mas eu andei nos escorregas gigantes (e descia de cabeça para baixo quando me lembrava!), dei balanço a baloiço com correntes cheias de ferrugem, coloquei certamente as mãos na boca depois de tocar na tinta que saltava dos cavalinhos, esfolei joelhos, e braços, e queixo...e estou aqui!!! Com saudinha, como se quer :)

 

 

Aiiiii.... Oh tempo volta para trás....

 


publicado por Pipoca às 21:23

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sexta-feira, 18 de Março de 2011

Geração rasca...à rasca....da tasca....

Ultimamente parece que não se fala de outra coisa, a não ser da Geração Rasca, da Geração à Rasca, de hinos como "Que parva que eu sou" dos Deolinda e tudo e tudo.

Geração Rasca, creio que não é a minha....ou a nossa...a das pessoas com 20 e tais, 30....

De rasca, temos pouco...estudámos e muitos de nós temos cursos dos mais variados....Há Engenheiros, Médicos, Professores, Economistas, Jornalistas, Contabilistas, Psicólogos...

Na Geração à Rasca (e desculpem se firo susceptibilidades a alguém) também não me incluo.

Não sou rica, com bastante pena minha, mas ainda não vivo à rasca, sem dinheiro para comer ou pagar as contas.

Claro que faço muitas continhas, para sobrarem uns trocos no fim do mês, mas graças a Deus, consigo almoçar e jantar fora de vez em quando e fazer algumas "extravagâncias"! Tudo com gestão de prioridades, claro está.

Lamento, mas também não me revejo de todo, no tal hino dos Deolinda. Não sou escrava, nem faço parte do grupinho "Casinha dos Pais"!

Aliás, desse grupo já saí há muito.

E talvez seja essa a forma mais fácil de não fazer parte dessa tal Geração à Rasca. Isto porquê? Porque me inseri no mundo do trabalho, MUITO antes de acabar o meu curso. E, por experiência própria, é a melhor forma de evoluirmos profissionalmente....é começar cedo!

Comecei a trabalhar novinha, e a gerir as minhas contas. A saber com o que podia contar. A ter mês a mais para o meu ordenado. A abdicar de muitas coisas, para pagar propinas, livros e fotocópias.

Mas sabem o que Vos digo? Isso só me fez BEM!
Pelo meio, mudei de curso e por isso acabei a faculdade com 26 anos. Com esta idade, por mais cruel e estúpido que possa parecer, torna-se "tarde" para ir procurar o 1º trabalho.

Por isso, e não sendo, de todo, exemplo para ninguém, hoje acho que a melhor forma de aos 30 anos não fazermos parte da Geração Casinha dos Pais, é mesmo começar a trabalhar aos 20.

É mesmo abdicar de copos, jantaradas e nights, em prol de uma vida mais regrada, mas em que se está a semear o futuro que se pretende.

Este é um tema polémico, é certo....e haverão milhares de pessoas a pensar de forma diferente, mas aqui deixo a minha opinião. Que vale o que vale!!!

 

Adenda: Não sei o dia de amanhã...e também eu, de um dia para o outro, posso ficar à rasca. Estou apenas a dissertar sobre o meu hoje....o presente, o agora. A vida dá muitas voltas, mas para já, felizmente, não estou à rasca....e ainda bem...

 


publicado por Pipoca às 15:37

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 14 de Fevereiro de 2011

Valentine´s Day (bahhhh)

Já disse aqui, pelo menos uma vez, que odeio o Dia dos Namorados.

Mas digo-o outra vez, e outra e outra...até me apetecer!!!!!

Não acho a mínima piadinha a isto! (nem a outras datas que nos querem "obrigar" a festejar)

 

Não gosto de florzinhas, de jantarinhos românticos, de presentinhos lamechas, nem dos cutchicutchi habituais deste dia....

Nahhh

E não, não tenho nenhum recalcamento com ex-namorados, nem estou no fim de nenhuma relação, ou solteirona aos 31 anos....

Estou bem de amor, e recomendo-me, mas dispenso esta pirosada do São Valentim...

 

:)

 

 


publicado por Pipoca às 20:51

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quarta-feira, 9 de Fevereiro de 2011

É tão bom ser criança...

 

...e não ter noção dos problemas, das doenças, do tempo a passar...

...nem do que é a política, as guerras, os atentados...

...não ter noção de que há gente má, perigosa e invejosa...

...não perceber que a vida são dois dias e tudo é tão, mas tão efémero...

...é tão bom viver na ingenuidade da infância....e só mais tarde o descobrimos!

 

tags:

publicado por Pipoca às 21:46

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds